Página Inicial

Programação Doutrinária - ABRIL - Mês do Aniversário da SEJA
Reuniões Públicas de Assistência Espiritual nas Quartas e Sábados às 20h, com Exposição, Passes e Atendimento Fraterno. (Entrada Franca) Conheça mais das atividades da SEJA nesta página.

Notícias SEJA

  • Desafio Inicial
    Era 21 de abril, mas sem aquele gosto de feriado porque era um domingo. Porém, havia um certo gosto no ar... era o dia em que daríamos um passo decisivo. O grupo que resolvera fundar a SEJA havia marcado aquele como o dia da fundação da instituição. Como num desses dias grandes da vida, eu esperava as horas passar e como passaram lentas. Tão lentas que eram angustiantes, com tempo de sobra para várias voltas de carro na avenida a fim de gastá-las.

    Lembro vivamente das cores da roupa, escolhida para fazer bonito naquele que seria um grande dia. Foto, emoção, comemoração. Hora marcada, pessoas se avolumando, muito mais até do que havia pensado. Naqueles cinco minutos que faltavam para a dita hora pensei que nossa causa de uma casa inspirada na obra de Joanna de Ângelis havia ganho mais simpatizantes do que os poucos que houvéramos tomado a decisão.

    Relógio na marca, mas nada de Oscar sair de uma reunião com os então dirigentes da AME. Olhava para os demais companheiros e todos tínhamos olhar de interrogação. Só pergunta, nenhuma resposta. Achei que o que sentia era apenas nervoso. Todavia, era a tradução de um momento grave... dado que a nossa comunidade espiritual, digamos assim, já sabia, o que não sabíamos, ou o que inocentemente não queríamos ver.

    Passada meia hora de atraso, que pareceu muito mais do que uma metade, auditório tenso, pergunta sem resposta, bocas meio murchas, um clima no ar... o que será? E o que houve foi mais inusitado do que poderíamos supor: por um desses desacordos do destino ficamos sem ter onde instalar a SEJA.

    Porém, como diz Joanna “o socorro sempre chega antes.” Nesse caso, chegou logo em seguida! A proposta fraterna de compartilhar o prédio do Centro Espírita o Novo Mundo foi a resposta apaziguadora que afugentou a lentidão das horas, diluiu a tensão e restaurou os sorrisos nas bocas das quais brotavam planos para vencer o desafio inicial: não ter teto, mas ter casa. E, na quarta-feira seguinte, 24 de abril, que mais pareceu um domingo de festa, fundamos a SEJA.

    *Denise Lino é expositora espírita nacional. Evangelizadora de juventude. Membro da Sociedade Espírita Joanna de Ângelis - SEJA. Colabora com periódicos espíritas e leigos. É professora da Pós-graduação em Linguagem e Ensino da UFCG
    Postado em 6 de abr de 2016 15:20 por Webmaster SEJA
  • O LIVRO DOS ESPÍRITOS: um clássico da literatura espiritualista
    A humanidade na sequência dos séculos consagrou vários livros como clássicos: Odisseia de Homero, A Bíblia, Os miseráveis de Victor Hugo, etc. Mas, nos perguntamos: por que considerar obras como essas clássicas e outras comuns? O pensador Italo Calvino abre seu texto Por que ler os clássicos comentando 14 ideias que tentam definir o que é uma obra clássica. A primeira delas diz: Os clássicos são aqueles livros dos quais, em geral, se ouve dizer: “Estou relendo...” e nunca “Estou lendo...”

    Seria O Livro dos Espíritos um clássico? Quanto ao critério exposto e aos demais arrolados pelo citado autor italiano, diríamos, com certeza, que sim! Não é um livro de leitura de um fôlego só, descartável como certos romances policiais que “numa viagem se compra numa estação e na outra se descarta”.

    O Livro dos Espíritos não é um livro de leitura única e nem somente para releituras: é um texto de estudo, para consultas permanentes, posto que se constitui na base das demais obras da Codificação kardequiana e inaugura uma nova era na tradi- ção espiritualista da Terra.

    Lançado pelo seu autor Allan Kardec em 18 de abril de 1857, no Palais Royal, em Paris, em princípio com 501 questões, passou a figurar a partir da segunda edição definitiva (revista e ampliada) de 1860 com as 1.018 tal como o conhecemos nos dias atuais.

    Obra essencial para quem deseja conhecer a fundo a Doutrina Espírita ou fazer-se dela adepto pela vivência plena de seus ensinamentos, O Livro dos Espíritos constitui-se, sim, no grande clássico que renova mentes e consciências na construção de um mundo melhor.

    *Oscar de Lira é expositor espírita nacional. Membro da Sociedade Espírita Joanna de Ângelis - SEJA. É Pedagogo, mestre em Filosofia e doutor em Letras Clássicas/Língua Grega.
    Postado em 6 de abr de 2016 15:17 por Webmaster SEJA
Exibindo postagens 1 - 2 de 45. Exibir mais »


Horários de Atividades SEJA
AtividadeHorário
Atendimento Fraterno Quartas e Sábados às 19h e após as palestras públicas 
Evangelização Infantil Sábados às 14h30 e às 19h45 
Evangelização Juvenil Domingos às 16h 
Grupos de Estudo Quartas e Sábados às 18h30 
Palestras Públicas Quartas e Sábados às 20 h 
Promoção Social Sábados às 14h30 
Visitas Fraternas a Pacientes do Hospital da FAP Domingos às 13h50 
Exibindo 7 itens da página Horários de Atividades classificados por Atividade, Horário. Exibir mais »